Associação Goiana de Administração

O que é a AGAD

Natureza: A Associação Goiana de Administração - AGAD é uma sociedade civil, autônoma e sem fins lucrativos, com foro e com sede própria na cidade de Goiânia, na Avenida 85, nº 1940, Galeria Nacional, Setor Marista/GO.

Visão: Promover uma Administração de excelência no Estado de Goiás e no Brasil.

Missão: Congregar, integrar e estimular os profissionais no desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre Administração, identificando e oferecendo-lhes oportunidades de aprimoramento teórico-prático em competências e habilidades que dêem visibilidade e credibilidade à carreira de Administrador.

Público-alvo: Profissionais, bacharéis ou pós-graduados em Administração, no Brasil e no exterior, que queiram promover a excelência da administração e ganhar visibilidade profissional.

Objetivo: Construir uma instituição representativa, operante e influente que congregue o maior número possível de profissionais graduados e pós-graduados em Administração e áreas afins.

Política: Prestigiar o Administrador, acatando, estimulando e divulgando iniciativas que contribuam para a sua formação continuada, seu desenvolvimento profissional e sua visibilidade no mercado de trabalho.


Histórico

A Associação Goiana de Administração - AGAD surge para ser uma grande aliada do Administrador. Foi fundada por abnegados profissionais, que objetivam contribuir em estudar, discutir, ampliar e difundir conhecimentos da Ciência Aplicada da Administração, a fim de contribuir para o aprimoramento da cultura específica do Brasil, bem como envidar esforços para proporcionar permanente aprimoramento e valorização dos profissionais da área.

Anuidade e Taxas

Tabela de Taxas e Anuidade - Pessoa Física 2015

Taxas
Taxa de Registro R$ 35,00

Vencimento Anuidades
30/06/2015 Administrador R$ 100,00
30/06/2015 Tecnólogo R$ 100,00
30/06/2015 Universitário R$ 50,00

Registro Novo
Vencimento Universitário Administrador Tecnólogo
30/06/2015 R$ 50,00 R$ 100,00 R$ 100,00

Obs; Valor da anuidade é proporcional ao mês do registro.

2 ª Via de Carteira
Taxa R$ 20,00

Cancelamento de Registro
Taxa de cancelamento R$ 35,00
Anuidade Administrador proporcional ao nº de meses. Após março o valor é integral R$ 100,00

Emissão de Certidões e Certificados
Certidão R$ 50,00
2ª via de Certificado (eventos) R$ 40,00

Registro de Comprovação de Aptidão
Taxa R$ 50,00

Parceiros

Em Breve

Artigos

Business Intelligence: A Inovação para Tomada de Decisões Organizacionais.

Inovar é um dos grandes diferenciais das empresas. Segundo Costa, “inovar significa renovar ou introduzir novidades (uma ideia de fazer alguma coisa nova) de qualquer espécie”. Alcançar o mesmo resultado que as outras organizações conseguem, entretanto de forma diferente, com uma agilidade maior, com certeza é uma estratégia que possibilita a empresa estar à frente de seus concorrentes. Portanto, um dos passos principais para isto, está na obtenção de dados e informações de forma ágil e coerente, adaptando cada informação ao tipo de decisão a ser tomada em cada momento, ou seja, ter flexibilidade e personalização das informações para cada situação.

Tendo em vista essa necessidade, algumas empresas estão implantando ou já implantaram um sistema de Business Intelligence (B.I), que traduzido para o português significa, Inteligência de Negócios. O B.I, embora tenha surgido na década de 80, é um assunto novo para muitas organizações. Solução de Business Intelligence, sistema de Business Intelligence, software de Business Intelligence, refere-se a um conceito utilizado no mundo dos negócios em que se reúnem vários dados e informações de forma personalizada a respeito de situações a serem conhecidas, analisadas e compreendidas. De acordo com Oliveira (2009, p. 13), Business Intelligence “é um conceito empregado a ferramentas, tecnologias e metodologias, que tem como objetivo fornecer informações estratégicas, que apoiam na tomada de decisões”.

Fonte : http://www.bidecision.com/site/index.php?option=com_content&view=article&id=50&Itemid=59

Os gestores de uma organização muitas vezes têm dificuldades de tomar certas decisões por falta de dados e informações, ou muitas vezes têm as informações, mas estas não são confiáveis, ou então não são passadas aos executivos em tempo hábil e de forma diversificada para um estudo minucioso. As empresas que implantaram um sistema de Business Intelligence com certeza só têm a ganhar. Dentre os principais benefícios que uma solução de Business Intelligence traz para as organizações, destacam-se:

  • Redução de processos;
  • Substitui outras ferramentas, como por exemplo, Excel, no sentido de desenvolver fórmulas no mesmo para busca de informações, bem como de outros sistemas mais “engessados” em termos de gerar informações e relatórios;
  • Agilidade na obtenção de informações e relatórios;
  • Flexibilidade e personalização de informações e relatórios, facilitando as análises a serem realizadas;
  • Facilidade de modificação/melhoria nos relatórios, como por exemplo, alterar a forma de apresentar os dados e acrescentar novas informações contribuindo assim para a evolução contínua das análises de informações como também da tecnologia;
  • Disponibilização de vários relatórios para confrontar os dados entre os diversos módulos do próprio B.I;
  • As informações são disponibilizadas na tela do software em poucos segundos dependendo dos filtros (parâmetros) realizados;
  • Facilita o planejamento da empresa nos diversos níveis, não só no nível estratégico, como também no tático e operacional;
  • Acesso às informações praticamente on-line.

Dentre as principais pessoas ideais para acompanhar os processos de implantação do Business Intelligence, torna-se preponderante a participação do colaborador responsável pela área de tecnologia da informação da empresa, para mostrar ao prestador de serviço, (empresa fornecedora da Solução B.I), a fonte dos dados a serem importados ao software de Business Intelligence, e os futuros usuários do sistema, para explicar os processos atuais da empresa, para validar os dados e dar sugestões dos filtros (parâmetros) necessários para os relatórios para apresentação, e outras necessidades para personalizá-los.

A Hospfar – Indústria e Comércio de Produtos Hospitalares Ltda. implantou o Qlikview, um sistema de Business Intelligence, da empresa GRF Tecnologia. A empresa optou por implantar os módulos aos poucos, começando pelos que a Hospfar entendeu ser mais necessários num primeiro momento, que auxiliariam o alto escalão da empresa – Diretoria – para tomada de decisões, principalmente no que tange ao planejamento estratégico. Segundo Oliveira (1999, p.33), “planejamento pode ser conceituado como um processo desenvolvido para o alcance de uma situação desejada de um modo mais eficiente, eficaz e efetivo, com a melhor concentração de esforços e recursos pela empresa”. Quando se trata de planejamento estratégico, refere-se a este processo realizado pelo alto nível hierárquico da empresa.

Os primeiros módulos a serem implantados foram na área de faturamento, logística e despesas operacionais. A implantação teve tanto sucesso que outros módulos foram implantados e outros estão sendo implantados, bem como melhorias e personalização mais afinada nos que já estavam em funcionamento. A implantação do módulo despesas operacionais, por exemplo, foi um trabalho contínuo de aproximadamente três meses, com a minha participação, como também do gerente do departamento tecnologia da informação, Ronne Faby, e do sócio-proprietário da empresa fornecedora do B.I, Rogério Faria.

Com este módulo implantado, a Hospfar tem conhecimento de todas as despesas lançadas diariamente, seja por natureza (viagens, telefonia, materiais de consumo, folha de pagamento em geral, tais como encargos sociais, benefícios, etc.), por centro de custo, por filial, por dia, mês, ano, por lançamentos realizados no Sistema Protheus somente no módulo financeiro, e/ou no Estoque/Custos, dentre outros módulos, e diversas outras formas, dependendo do objetivo que as informações precisam ser apresentadas. A visualização pode ser na própria tela do B.I, ou então as informações podem ser exportadas para o Excel, caso o usuário ache melhor para trabalhar com o relatório.

Com a solução de Business Intelligence, a Hospfar consegue em segundos, obter informações a respeito dos seus clientes, como por exemplo, os que mais compraram em determinado período; dos produtos que mais tiveram saída por filial, estado, mês, ano, etc.; dos principais fornecedores de acordo com a Curva ABC e almoxarifado; do custo médio de produtos para revenda; da margem de contribuição; do capital de giro; para premiar a equipe do Call-Center; e como já foi mencionado, conhecimento das despesas operacionais, o que contribui para o planejamento orçamentário da matriz e filiais. A figura abaixo mostra uma das telas do B.I adaptadas à necessidade de uma empresa fictícia com dados também fictícios, para ilustrar uma das formas que o sistema pode ser trabalhado.

Fonte: GRF Tecnologia

Assim, como a Hospfar teve um leque maior para obter informações e de forma rápida, outras organizações que também adotaram este tipo de sistema para sua gestão, como a Lojas Marisa, nada perderam com a implantação desta solução. Como já foram descritas as principais vantagens, as melhorias das informações com o B.I são significativas para a Diretoria, e consequentemente para a Administração do negócio de forma holística.

Patrícia Silva, formada em Administração (PUC-GO), especialista em Controladoria e Gestão de Custos (Alfa-GO). E-mail: adm.patriciasilva@gmail.com)

Estatuto Social da Associação Goiania de Administração

CAPíTULO I 

Denominação, Prazo, Sede e Fins da Associação. 

    Art. 1º - A Associação Goiana de Administração – fundada em 13 de agosto de 2008, doravante designada pela sigla AGAD, é uma associação nos termos do Art. 53 do Código Civil, de caráter representativo, cultural, técnico-científico, social, esportivo e recreativo, sem quaisquer fins lucrativos, com prazo e duração indeterminado, com sede e foro na Avenida 85, Nº. 1940, Sala 06, Galeria Nacional, Setor Marista, CEP 74.160-010, Goiânia/Goiás, que se regerá pelo presente Estatuto e pelas leis aplicáveis a espécie. 

    Art. 2º - A AGAD tem por finalidade: 

a) Congregar todos que no Estado de Goiás, exerçam atividades de Administração nos termos do Artigo 2º da Lei 4.769, de 09 de setembro de 1965, e atividades afins;

b) Promover o progresso e a divulgação dos conhecimentos da Ciência da Administração, por meio de reuniões de estudo, pesquisas, cursos, seminários, congressos, publicações e promoções, bem como equivalentes;

c) Criar ou contratar serviços de consultoria administrativa, jurídica, contábil, técnica ou equivalente, para atender as necessidades da Classe;

d) Colaborar com o Governo Federal, Estados e Prefeituras, como órgão técnico e consultivo, no estudo e solução de problemas que se relacionem com a categoria representada;

e) Manter intercâmbio com técnicos, entidades e entidades técnicas congêneres;

f) Manter publicação periódica, para divulgação de trabalhos e apresentação de artigos técnicos, trabalhos, estudos e demais notícias de interesse da Classe;

g) Promover atividades culturais, convívios sociais, recreativos e desportivos;

h) Promover a qualificação e certificação de empresas;

i) Impetrar em favor de seus associados mandatos de      segurança coletivo;

j) Instituir seccionais, delegacias ou representações dentro do território goiano;

k) Propor e subvencionar benefícios nas áreas de Saúde, Seguros, Previdência aos seus associados e seus familiares;

l) Defender e representar seus associados, inclusive em questões judiciais ou administrativos;

m)Zelar pelo prestígio da Classe e pela ética profissional;

n) Apoiar ações e instituições de responsabilidade social;

o) Instituir prêmios e condecorações para acadêmicos, Administradores, profissionais e empresas, que se distinguirem a juízo da diretoria;

p)  Promover a fundação de Cooperativas de consumo e crédito;

q)  Implantar biblioteca e videoteca técnica e cultural para fins de pesquisa;

r)  Celebrar parcerias e convênios com entidades, empresas e pessoas físicas;

s)  Prestar serviços de consultoria, assessoria e execução de projetos na área de gestão de pessoas, tais como: treinamento, seleção de pessoal, avaliação de desempenho, organização de feiras e outras funções relativas à Administração. 

    Art. 3º - No desenvolvimento de suas atividades, a AGAD observará os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência e não fará qualquer discriminação de raça, cor, gênero ou religião. 

    Art. 4º - A fim de cumprir suas finalidades a AGAD se organizará em tantas Comissões Setoriais, quantas se fizerem necessárias, as quais se regerão pelas disposições estatutárias e regimentais, mediante designação do Presidente da Entidade.

CAPíTULO II 

Dos Associados, sua Admissão, Exclusão, Demissão,

Direitos, Deveres e Penalidades. 

    Art. 5º - Poderão ser associados da AGAD todas as pessoas físicas e empresas que exerçam atividades de Administração nos termos da Lei nº. 4.769 de 09 de setembro de 1965, assim como pessoas físicas e empresas ou organizações que exerçam atividades afins e, os Mestres e Doutores em Administração, que estejam concordes com o presente Estatuto.  

    Art. 6º - A AGAD é constituída por um número ilimitado de associados, distribuídos nas seguintes categorias: 

Fundadores - são aqueles que participaram da Assembléia de Fundação da AGAD e assinaram a lista de presença;

Efetivos - são aqueles que foram admitidos na forma do Artigo 5º supra;

Beneméritos - são aquelas pessoas físicas e jurídicas que prestaram relevantes serviços à AGAD ou à Ciência da Administração. O respectivo título poderá ser outorgado através de proposta da Diretoria, sem que nenhuma obrigação pecuniária decorra dessa distinção;

Honoríficos – são aquelas pessoas físicas que, também, tenham prestado relevantes serviços à AGAD ou à Ciência da Administração. O respectivo título poderá ser outorgado através de proposta da Diretoria, sem que nenhuma obrigação pecuniária decorra dessa distinção;

Universitários – poderão ser associados aspirantes todos os estudantes legalmente matriculados no curso em nível de 3º grau da Ciência de Administração e áreas afins, sem direito a voto e ser votado, para cargos da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal.

 

    § 1º - Os convidados que assinaram a lista de presença não serão considerados associados fundadores; 

    § 2º - Serão admitidos como associados aqueles que solicitarem e obtiverem a aprovação de 2/3 (dois terços) dos membros da Diretoria Executiva; 

    § 3º - A qualidade de associado é intransferível e seja qual for a sua categoria, não será titular de nenhuma quota ou fração ideal do patrimônio da AGAD

    § 4º - Os associados não serão reembolsados das contribuições que realizaram por ocasião da fundação da AGAD ou que venham a realizar posteriormente em favor da mesma. 

    § 5º - Cada associado, quites com a tesouraria, terá direito a 01 (um) voto nas Assembléias Gerais. 

    Art. 7º - Na ocorrência de qualquer infração de ordem ética, moral, científica ou profissional, poderá ser aplicada as seguintes penalidades: 

Advertência escrita;

Censura pública;

Suspensão da condição de associado por período não superior a 180 dias;

Exclusão do quadro da AGAD  

    Art. 8º – Será excluído o associado que deliberadamente solicitar seu desligamento, por escrito, do quadro associativo, devendo para tanto estar em dias com as suas obrigações perante a AGAD

    Parágrafo único - A apuração das faltas e a aplicação de eventuais penalidades, como previstas no Artigo 7º, ficarão a cargo da Comissão de ética, garantido ao associado faltoso o direito de defesa. 

    Art. 9º - O associado será excluído da AGAD, quando deixar de recolher a contribuição devida, sem motivo justificado, por mais de 02 (dois) anos, após notificação prévia, por escrito. 

    Art. 10 - São direitos de todos os associados contribuintes da AGAD: 

Freqüentar a sede social;

Tomar parte nos trabalhos, estudos, congressos, conferências, cursos e feiras, que a AGAD promover, observadas as normas regulamentares de cada evento;

Ter acesso às conclusões de estudos e matérias elaboradas pela AGAD, pela via de suas publicações;

Ter assegurado ampla defesa nos processos ético-disciplinar;W

Participar das Assembléias Gerais desde que em dia com as suas contribuições;

Propor novos sócios;

Requerer à Diretoria, por escrito, o seu desligamento.

 

    Parágrafo único – os direitos dos associados são intransferíveis. 

    Art. 11 - São direitos exclusivos dos Associados Fundadores e Efetivos convocarem Assembléia Geral nos termos do Art.18.  

    Art. 12 – São deveres dos associados: 

Prestigiar a AGAD por todos os meios ao seu alcance, para que esta cumpra as suas finalidades, e procurar angariar associados para os quadros da Entidade.

Bem desempenhar o cargo para que forem eleitos e nos quais tenham sido investidos;

Acatar as decisões das Assembléias Gerais e da Diretoria;

Pagar pontualmente suas contribuições;

Cumprir as disposições estatutárias e regimentais;

Obedecer ao Código de ética do Administrador;

Prestigiar e zelar pelo nome da Associação Goiana de Administração;

Zelar pelo prestígio moral e intelectual da classe.  

    Art.13 – Os associados não respondem, nem mesmo subsidiariamente, pelos encargos da AGAD.

 

CAPíTULO III 

Dos órgãos Estatutários

    Art. 14 - São responsáveis pela organização, fiscalização e administração da AGAD os seguintes órgãos: 

Assembléia Geral;

Diretoria Executiva:

-   Presidência;

-   Vice-Presidência;

-   Diretor Administrativo;

-   Vice-Diretor Administrativo;

-   Diretor Financeiro;

-   Vice Diretor Financeiro;

Conselho Fiscal;

Conselho Consultivo.

 

Da Assembléia Geral 

    Art. 15- A Assembléia Geral, Ordinária ou Extraordinária, órgão soberano de deliberação da AGAD constituirá dos associados Fundadores e Efetivos em dia com as suas obrigações sociais.   

    Art. 16 – Compete privativamente à Assembléia Geral: 

Eleger a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal;

Destituir os administradores da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal;

Decidir sobre reformas do Estatuto;

Deliberar anualmente sobre o Relatório de Atividades e a Prestação de Contas da Diretoria Executiva, após parecer do Conselho Fiscal;

Decidir sobre a alienação de bens imóveis;

Decidir sobre a transformação, fusão, extinção ou dissolução da AGAD;

Impor contribuições financeiras a todos aqueles, que participarem da categoria representada.  

    § 1º - As Assembléias instalar-se-ão em primeira convocação com quorum mínimo de 50 % dos sócios e, em segunda convocação, 30 (trinta) minutos após a primeira, com qualquer número, com aprovação da maioria dos presentes, não sendo permitido votos por procuração. 

      § 2º - Para efeito de verificação de quorum de que trata este artigo, o número de associados, em cada convocação, apurar-se-á pelas assinaturas lançadas no Livro de Presença. 

    Art. 17 – As Assembléias Gerais Ordinárias realizar-se-ão uma vez por ano, na forma do presente Estatuto, em datas e locais fixados pela Diretoria e as Extraordinárias quando convocadas pelo Presidente da AGAD, sendo garantido a um quinto dos associados o direito de promovê-las. 

    Art. 18 – Anualmente, a Assembléia Geral Ordinária, deliberará sobre o Relatório de Atividades e a Prestação de Contas da Diretoria Executiva e quinquenalmente elegerá a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal. 

    § 1º - Os candidatos aos cargos eletivos deverão apresentar as suas chapas completas, com Diretoria e Conselho Fiscal, à Secretaria ou à eventual Comissão formada pela Diretoria, para organizar as eleições, indicando o nome de cada um dos associados e o cargo ao qual está se candidatando, com uma antecedência mínima de 30 (trinta) dias da data prevista para a realização de eleição, para que possa constar do Edital de Convocação; 

    § 2º - Somente poderão candidatar-se a cargos eletivos, os associados Fundadores e Efetivos, em pleno gozo de seus direitos. 

    Art. 19 – A Assembléia Geral reunir-se-á extraordinariamente, por convocação do Presidente, feita sempre via de edital publicado pela imprensa com 8 (oito) dias de antecedência ou com uma antecedência mínima de 30 (trinta) dias quando se tratar de eleição dos associados com direito a voto e quites com suas obrigações sociais ou por solicitação da maioria absoluta dos associados do Conselho Fiscal, para tratar de assuntos exclusivos de sua pauta. 

    Parágrafo único – O “Aviso Convocativo” das Assembléias Ordinárias ou Extraordinárias, via de edital publicado pela imprensa, deverão constar de forma clara e precisa a data e o horário, o local (endereço completo), a ordem do dia, a denominação da AGAD, o local/data da formalização e a assinatura do responsável pelo ato. 

    Art. 20 - A AGAD adotará práticas de gestão administrativas necessárias e suficientes a coibir a obtenção, de forma individual ou coletiva, de benefícios e vantagens pessoais, em decorrência da participação nos processos decisórios. 

Da Diretoria Executiva 

    Art. 21 - A AGAD será administrada por uma Diretoria plena, composta de Presidente, Vice-Presidente, Diretor Administrativo, Vice-Diretor Administrativo, Diretor Financeiro e Vice-Diretor Financeiro, com 03 (três) membros Suplentes, eleitos pela Assembléia Geral, com mandatos de 05 (cinco) anos, podendo haver reeleição, cujas funções serão fixadas pela Diretoria, segundo as necessidades da administração da Entidade e deste Estatuto. 

    § 1º - O Diretor que tiver solicitado a sua exclusão perderá o cargo que estiver exercendo na Diretoria; 

    § 2º - Ocorrendo impedimento, renúncia, destituição ou falecimento de qualquer membro da Diretoria ou do Conselho Fiscal, assumirá automaticamente o cargo vacante, o substituto legal previsto neste Estatuto; 

    § 3º - A convocação dos Suplentes quer para a Diretoria, quer para o Conselho Fiscal, compete ao Presidente e obedecerá a ordem de menção na chapa eleita; 

    § 4º - A Diretoria poderá contar com a colaboração de um Conselho Consultivo composto por pessoas de reconhecida competência no campo da Administração, cujo número será fixado pela Diretoria Executiva. 

    §  5º -  Os suplentes assumirão os cargos vagos, decorrentes de afastamentos dos diretores e obedecerá a ordem de menção na chapa eleita. 

    Art. 22 - Compete à Diretoria Executiva: 

Dirigir a Associação de acordo com o presente Estatuto, administrar o patrimônio social, assim como, fixar diretriz;

Deliberar sobre as propostas de admissão de novos associados;

Constituir procuradores com poderes e prazos especificados no mandato;

Aprovar a assinatura de contratos e convênios.

Aplicar, onde lhe competir, as penalidades previstas neste Estatuto;

Decidir preliminarmente sobre a sua extinção ou dissolução da AGAD;

Deliberar sobre a exclusão de associado de acordo com o Art.9º;

Designar os seus representantes.  

    Art. 23 - A Diretoria determinará à periodicidade de suas reuniões ordinárias e o Presidente as extraordinárias que convocar.

    Art. 24 - A Diretoria Executiva deliberará por votação majoritária, presentes a maioria dos seus membros, cabendo ao Presidente também o voto de qualidade.

 

    Art. 25 - Compete ao Presidente: 

Representar a AGAD ativa, passivamente, judicial e extrajudicialmente;

Dirigir e supervisionar todas as atividades;

Convocar e presidir as reuniões da Diretoria Executiva;

Convocar e presidir as reuniões das Assembléias Gerais;

Firmar, juntamente com o Diretor Financeiro, os documentos necessários à movimentação de numerário em bancos;

Contratar superintendente e profissional, de reconhecida formação, para assessorá-lo, mediante remuneração, na administração, bem como proceder às demissões dos mesmos;

Firmar convênios e contratos;

Efetuar o pagamento das despesas da AGAD, bem como da Diretoria em decorrência da representatividade e de serviços prestados a mesma;

Apresentar à Assembléia Geral o Balanço anual, após aprovação do Conselho Fiscal, o Relatório e o Plano de Atividades;

Administrar o patrimônio;

Cumprir e fazer cumprir o presente Estatuto e as deliberações da Assembléia Geral;

Indicar o nome do Presidente do Conselho Consultivo;

Desempenhar quaisquer outros encargos, que sejam da responsabilidade da Associação.

 

    Art. 26 - Compete imediatamente ao Vice-Presidente: 

Substituir o Presidente nos seus impedimentos e ausências;

Assumir as atribuições que lhes forem designadas pelo Presidente.

 

    Art. 27 - Compete ao Diretor Administrativo: 

Coordenar as atividades da Diretoria Administrativa, bem como exercer outras atividades peculiares ao cargo;

Coordenar os trabalhos da Comissão de ética;

Secretariar as reuniões da Diretoria Executiva e das Assembléias Gerais, elaborando as respectivas Atas, promovendo a publicação das deliberações, avisos, ordens de serviços e demais expedientes;

Cumprir e fazer cumprir as diretrizes emanadas do Presidente;

    

    Art. 28 - Compete ao Vice-Diretor Administrativo: 

Colaborar com o Diretor Administrativo no desempenho de suas funções e substituí-lo em suas faltas ou impedimentos;

Cumprir e fazer cumprir as diretrizes emanadas do Presidente.

 

    Art. 29 - Compete ao Diretor Financeiro: 

a) Coordenar as atividades da Diretoria Financeira;

b) Formalizar os processos de despesas e receitas:

c) Efetuar os pagamentos autorizados;

d) Movimentar em conjunto com o Presidente, as contas bancárias;

e) Controlar e registrar o movimento de receitas e despesas de qualquer natureza;

f) Apresentar a Diretoria e ao Conselho Fiscal os demonstrativos financeiros da Associação;

g) Cumprir e fazer cumprir as diretrizes emanadas do Presidente.  
 

    Art. 30 - Compete ao Vice-Diretor Financeiro: 

Colaborar com o Diretor Financeiro no desempenho de suas funções;

Movimentar, em conjunto com o Presidente, nas ausências e impedimentos do Diretor Financeiro, as contas bancárias;

Cumprir e fazer cumprir as diretrizes emanadas do Presidente;

Substituir o Diretor Financeiro em suas ausências e impedimentos.

 

    Art. 31 - Para a destituição dos Administradores da AGAD é exigido o voto concorde de 2/3 (dois terços) dos presentes à Assembléia especialmente convocada para este fim, não podendo ela deliberar em primeira convocação, sem a maioria absoluta dos associados ou em segunda convocação com qualquer número de associados.

Do Conselho Fiscal 

    Art. 32 - O Conselho Fiscal será constituído por 03 (três) associados fundadores e/ou efetivos e 03 (três) suplentes, eleitos pela Assembléia Geral, para um mandato de 05 (cinco) anos, podendo ser reeleitos, competindo-lhes a fiscalização da gestão financeira. 

    Art. 33 – Compete ao Conselho Fiscal: 

Examinar os livros contábeis da AGAD;

Opinar sobre os balanços e relatórios de desempenho financeiro e contábil e sobre as operações patrimoniais realizadas, emitindo pareceres para a Assembléia Geral;

Requisitar ao Tesoureiro, a qualquer tempo, documentação comprobatória das operações econômico-financeira;

Acompanhar o trabalho de eventuais auditores externos independentes;

Requisitar da Diretoria Executiva, a qualquer tempo, todos os esclarecimentos e documentação necessária à fiscalização;

Convocar extraordinariamente a Assembléia Geral;  

    Parágrafo único – O Conselho Fiscal reunir-se-á sempre que necessário.

                              

CAPíTULO IV 

Do Conselho Consultivo

    Art. 34 - O Conselho Consultivo, composto pelos laureados do Sindicato dos Administradores de Goiânia com o título de “Administrador Emérito”; pelos Administradores; e por cidadãos de renome, que tenham prestado relevantes serviços em favor da Ciência da Administração, tem por finalidade oferecer à Entidade, em caráter consultivo e de assessoramento, o suporte do saber e da experiência de seus integrantes no exame, direcionamento e estratégias concernentes às próprias finalidades da AGAD. 

    Parágrafo único - Os nomes dos cidadãos de renome que irão compor o Conselho Consultivo serão indicados pelo Presidente da AGAD.  

    Art. 35 - Os membros do Conselho Consultivo poderão participar das reuniões da Diretoria Executiva da AGAD.

CAPíTULO V 

Das Comissões Setoriais

    Art. 36 - A Diretoria Executiva criará tantas Comissões Setoriais quantas se fizerem necessárias, para assessorá-la em assuntos específicos. 

    Parágrafo único - As Comissões Setoriais serão coordenadas por Diretores Adjuntos, para tanto designados pela Diretoria Executiva, competindo-lhes o desenvolvimento das atividades setoriais específicas. 

    Art. 37 - Fica constituída a Comissão de ética.

CAPíTULO VI 

Do Superintendente e da Chefia dos Departamentos 

    Art. 38 - São cargos da estrutura organizacional da AGAD, dentre outros que venha a serem criados o de Superintendente, e os dos Chefes dos Departamentos Administrativo, Contábil, Jurídico, Comunicação e Técnico. São remunerados os cargos mediante contratação. 
 

CAPíTULO VII 

Dos Recursos Financeiros 

    Art. 39 - Os recursos financeiros necessários à manutenção da AGAD poderão ser obtidos por: 

Termos de parceria, convênios e contratos firmados com o Poder Público para financiamento de projetos na sua área de atuação;

Contratos e acordos firmados com empresas, instituições de ensino, entidades e agências nacionais e internacionais;

Doações, legados e heranças recebidas;

Rendimentos de aplicações de seus ativos financeiros e outros, pertinentes ao patrimônio;

Receitas auferidas por meio de atividades que envolvam propriedades industrial/intelectual e aluguel de imóvel.

Resultado líquido proveniente de suas atividades estatutárias, como prestação de serviços, assessorias, cursos, simpósios, congressos, feiras, recrutamento e seleção de pessoal e outros;

Contribuições mensais dos associados, em valores fixados pela Assembléia Geral, taxas de adesão de sócio, alienações e venda de “souvenires”.  
 
 

CAPíTULO VIII 

Do Patrimônio, Duração e Dissolução. 

    Art. 40 - O patrimônio da AGAD, administrado pela Diretoria Executiva, será constituído pelas contribuições dos associados, doações, legados e bens móveis, imóveis e demais valores adquiridos e pelas respectivas rendas por eles produzidas, tudo a teor do elenco previsto no Art. 39.  

    Parágrafo único – Os títulos de renda, bem como os bens imóveis, só poderão ser alienados mediante observado o § 1º do Art. 16. 

    Art. 41 - A AGAD durará por tempo indeterminado, mas poderá ser dissolvida a qualquer tempo, por deliberação da Assembléia Geral e o patrimônio líquido, nesse caso, poderá ser destinado a qualquer outra entidade de classe, de fins não econômicos, de natureza civil ou sindical, sediada no Brasil, representativa da categoria dos Administradores. 

    Art. 42 - O presente Estatuto poderá ser reformado, a qualquer tempo, por decisão dos associados, em Assembléia Geral especialmente convocada para esse fim, observando o disposto no Parágrafo Primeiro do Artigo 16 e entrará em vigor na data de sua aprovação em Assembléia Geral e registro em Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas, na forma da Lei.

    Art. 43 - Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria Executiva. 

    Art. 44 - O exercício social e financeiro começa em 1º de janeiro e termina em 31 de dezembro de cada ano. 

    Art. 45 – Excepcionalmente o mandato da primeira Diretoria da AGAD será de 14 de agosto de 2008 a 31 de dezembro de 2013.

Goiânia, aos 13 dias do mês de agosto de 2008.

Adm. Samuel Albernaz 
Presidente

Agenda de Eventos

Setembro/2015
  • Dia 09/09:
    Sessão Especial em Homenagem "Dia do Administrador"
    Horário: 20h00
    Local: Assembléia Legislativa de Goiás
    Goiânia - GO


Outubro/2015
  • Dia 30/10:
    Painel de Gestão I e II
    Horários: 9h30 às 17h30
    Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer
    Informações e Inscrições: www.conad.adm.br
  • Dia 30/10:
    18º ENAP - Encontro Nacional de Professores
    Horários: 14h00 às 17h30
    Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer
    Informações e Inscrições: www.conad.adm.br
  • Dia 30 e 31/10:
    Apresentação de Artigos Científicos CONAD 2015
    Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer
    Informações e Inscrições: www.conad.adm.br
  • Dias 30 e 31:
    XX CONAD - Congresso Nacional de Administração
    Tema: "50 Anos da Administração: Do Princípio ao Legado"
    Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer
    Informações e Inscrições: www.conad.adm.br
  • Dia 31/10:
    Solenidade de Premiação do "Prêmio Mérito em Administração Peter Drucker"
    Horário: 10h
    Centro Cultural Oscar Niemeyer
    Informações e Inscrições: www.conad.adm.br
  • Dia 31/10:
    Solenidade de Premiação do 9º Concurso Nacional de Monografias
    Horários: 18h00
    Centro Cultural Oscar Niemeyer
    Informações e Inscrições: www.conad.adm.br
  • Dia 31/10:
    Solenidade de Entrega do "Prêmio Brasil" - Maior Caravana no CONAD
    Horário: 18h
    Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer
    Informações e Inscrições: www.conad.adm.br
  • Dia 31/10:
    ADM FEST - A Festa da Administração
    Comemoração dos 50 Anos da Administração
    Horário: 22h30
    Informações: www.conad.adm.br

Filiação

Modalidades de Filiação
  • Sócio Fundador
  • Sócio Benemérito
  • Sócio Honorífico
  • Sócio Efetivo
  • Sócio Pós-Graduado
  • Sócio Tecnólogo
  • Sócio Técnico-Profissional
  • Sócio Universitário
  • Sócia Pessoa Jurídica

  • Vantagens da Filiação
  • Manter-se atualizado sobre as teorias da administração.
  • Ganhar visibilidade profissional e acadêmica.
  • Ter um espaço para divulgar novas idéias sobre administração em cursos, palestras, seminários, debates e eventos afins.
  • Participar de Grupos de Estudos e Trabalho.
  • Obter patrocínio e apoio logístico para a edição e publicação de teorias e experiências profissionais sobre administração em jornais, revistas e livros.
  • Receber as publicações da AGAD.
  • Participar de atividades culturais e sociais a investimentos privilegiados.
  • Usufruir as atividades de treinamento, especialização e qualificação profissional oferecidas pela AGAD.
  • Abrir mais uma fonte de colocação e de oferta de prestação de serviços para empresas e instituições educacionais.
  • Dispor de um canal de divulgação do currículo, competências e habilidades profissionais e acadêmicas.
  • Beneficiar-se de serviços de natureza social e financeira que venham a ser criados pela AGAD para seus associados.

  • Anuidade-PF

    Taxas
    Inscrição R$ 35,00
    Carteira R$ 20,00

    Anuidades
    Administrador R$ 100,00
    Tecnólogo R$ 100,00
    Universitário R$ 50,00

    Registro
    Vencimento Universitário Administrador Tecnólogo
    30/06/2015 R$ 50,00 R$ 100,00 R$ 100,00

    O valor da anuidade para o registro novo, após o vencimento, é calculado proporcionalmente ao nº de meses a partir da solicitação.

    O recém-formado tem a isenção da 1ª anuidade e das taxas, se requerido o registro, em até 90 dias após a colação de grau, impreterivelmente, com apresentação do diploma ou declaração da IES.

    2ª Via de Carteira
    Taxa para Emissão 2ª Via Carteira R$ 20,00
       

    Cancelamento de Registro
    Taxa de Cancelamento de Registro R$ 35,00
    Valor da Anuidade a ser quitada no ato do Cancelamento sendo proporcional ao nº de meses.
    Após março o valor é integral
    R$ 100,00

    A existência de débitos anteriores impedirá o cancelamento do registro. A AGAD tem o direito de promover a cobrança administrativa ou judicial desses débitos.

    Emissão de Certidões e Certificados
    Certidão/Atestado/Declaração 50,00
    2ª Via de Certificado (Eventos) R$ 40,00
    Certidão de Regularidade R$ 20,00
    Certidão de Perito Judicial R$ 20,00

    Devem ser pagas as taxas acima, mais o acerto dos débitos anteriores, caso existam

    Registro de Comprovação de Aptidão
    Taxa do Registro R$ 50,00

    Tanto a empresa quanto o(s) administrador(s) responsável (is) devem estar em dia com as anuidades


    Documentos para Filiação
  • Preencher o formulario (click aqui para download)
  • 2 fotos 2x2 ou 3x4
  • Xerox da Carteira de Identidade e CPF
  • Cópia do Diploma de Bacharel em Administração ou Declaração da Faculdade que concluiu o curso (recém-formado)
  • Requerimento devidamente preenchido e assinado.
  • Diretoria

    - Presidente: Adm. João Divino de Brito;
    - Vice-Presidente: Admª. Iraci Vilela Gomide Santos;
    - Diretor Financeiro: Adm. Samuel Albernaz;
    - Vice-Diretor Financeiro: Adm. Daniel Caetano de Moraes;
    - Diretor Administrativo: Adm Jean Marc Nacife;
    - Vice-Diretor Administrativo: Adm. Pedro André da Silva
    - 1º Suplente: Admª Matilde Leite Vilela Lelis;
    - 2º Suplente: Admª. Carolina Tavares Fernandes Leite Carmo;
    - 3º Suplente: Adm. Leonídio José dos Anjos


    - Conselho Fiscal Efetivo 
       1. Admª. Alyne Oliveira da Costa 
       2. Adm. Leandro Gomes Pereira 
       3. Adm. Tiago Nóbrega Stival


    - Conselho Fiscal Suplente 
       1. Adm. Valdinei Valério da Silva 
       2. Adm. José Osório Cintra Júnior 
       3. Adm. Alzair Eduardo Pontes

    Cursos

    Em Breve

    Currículos

    Enviar para o email : agad.adm.@gmail.com

    Convênios

    Em Breve

    Grupo de Estudo de Administração

    Missão do GEDA

    "Estudar, discutir, ampliar e difundir conhecimentos da Ciência Aplicada da Administração, a fim de contribuir para o aprimoramento da cultura específica do Brasil."

    Reuniões do GEDA

    Metodologia: Inicialmente, o Moderador comentará alguns aspectos relevantes pertinentes ao Tema. Em seguida, estimulará e orientará a discussão dirigida com a ativa participação de todos que desejarem contribuir com seus conhecimentos ou com qualquer outra colocação oportuna e adequada ao estudo científico a que a Reunião Cultural se propõe. Nos últimos cinco minutos do tempo previsto para a discussão dirigida, o Moderador apresentará uma síntese das contribuições apresentadas, terminando com suas próprias conclusões.

    Participantes: Membros do GEDA e seus Convidados.

    Convidados Especiais: Acadêmicos, Administradores, Professores, Diretores e Associados da AGAD e do SINAGO.

    Imprensa

    Em Breve

    Contato

    Nome:
    E-mail:
    Destino:
    Mensagem:


    Endereço:
    Av. 85, nº 1940, Sala 06, Galeria Nacional.
    Setor Marista, Goiânia - GO
    CEP: 74.160-010
    Telefone: (62) 3241-7946 e 3241-8863
    Horário de funcionamento: 13h às 17:30h

    Email: agad.adm.@gmail.com


      

    Parceiro

    Sinago - click aqui!

    AGAD em Ação

    I. AÇÕES ESTRATÉGICAS

    • Congregar todos que no Estado de Goiás, exerçam atividades de Administração, nos termos do Art. 2º da Lei 4.769, de 9 de setembro de 1965 e, atividades afins;
    • Promover  o  progresso  e  a  divulgação  dos  conhecimentos  da  ciência  da Administração,  por meio  de  reuniões  de  estudo,  pesquisas,  cursos,  seminários, congressos, publicações, promoções e equivalentes;
    • Colaborar  com  os  governos  federal,  estadual  e  municipal,  bem  como  com  as câmaras  municipais,  como  órgão técnico  e  consultivo,  no  estudo  e  solução  de problemas que se relacionem com a categoria representada;
    • Promover atividades culturais, convívios sociais, recreativos e desportivos;
    • Apoiar ações e instituições de responsabilidade social;
    • Zelar pelo prestígio da classe e pela ética profissional;
    • Participar  junto  com  o  Sindicato  dos  Administradores  de  Goiânia,  perante  as autoridades constituídas na defesa do Administrador.


    II.   AÇÕES   PERMANENTES

    • Em parceria com o Sindicato dos Administradores de Goiânia, realizar o XVIII Congresso Nacional de Administração (CONAD) e o 17º Encontro Nacional de Professores de Administração (ENAP);
    • Intensificar  a  realização  de  cursos  de  treinamento  e  aperfeiçoamento  dos Administradores e acadêmicos;
    • Incentivar  e  apoiar  as  Instituições  de  Ensino  Superior,  Centros  Acadêmicos, SINAGO,  CRA,  FEBRAD,  CNPL,  ANGRAD,  ANPRA,  CNPL  e  CSP  na realização de eventos;
    • Dar  continuidade  ao  bom  relacionamento  com  as  Entidades  envolvidas  na categoria;
    • Realizar  parcerias  com  Entidades  como  o  SINAGO,  CRA,  FEBRAD,  CDL, SEBRAE,  ANGRAD,  Federações,  Governos  estadual  e  municipal,  Câmaras Municipais e, empresas;
    • Desenvolver campanha de associação estadual;
    • Apoiar o SINAGO, para a implantação do Piso Salarial do Administrador;
    • Realizar  Sessões  Especiais  no  Congresso  nacional,  Assembleia  Legislativa  e Câmaras Municipais, em comemoração aos 46 anos da criação da profissão do Administrador;
    • Incrementar o banco de Talentos;
    • Trabalhar juntamente com o SINAGO, no Congresso Nacional, pela aprovação da PEC nº 317, de 15 de setembro de 2004, que cria o cargo de Administrador Municipal;
    • Lutar pela implantação dos cursos de mestrado e doutorado na UFG e na UEG;
    • Manter  publicação  periódica,  para  divulgação  de  trabalhos,  apresentação  de artigos,  trabalhos,  estudos  e  demais  notícias  de  interesse  da  categoria  e  da AGAD;
    • Juntamente  com  o  SINAGO,  realizar  convênios,  objetivando  a  obtenção  de descontos especiais para os associados.


    III.    AÇÕES   ADMINISTRATIVAS

    • Comemorar o 5º ano de criação da Associação Goiana de Administração e os 48 anos da profissão de Administrador;
    • Desenvolver campanha institucional e de filiação;
    • Realizar a Campanha Natal Feliz – Faça uma criança sorrir;
    • Estreitar o relacionamento com as Faculdades, Centros Acadêmicos e governos;
    • Desenvolver uma política de comunicação da AGAD, utilização do conteúdo do site, com assuntos da categoria em maior quantidade técnica.



    Endereço:
    Av. 85, nº 1940, Sala 06, Galeria Nacional. Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.160-010
    Telefone: (62) 3241-7946 e 3241-8863 Horário de funcionamento: 13h às 17:30h Email: agad.adm.@gmail.com

    Copyright 2015 - Todos os Direitos Reservados - AGAD - Associação Goiana de Administração